Alinhadores não se ajustam – espaços incisais

Para obter mais informações sobre fendas incisais, consulte o seguinte:




Definição

Um espaço incisal (grande ou pequeno) é quando existe um espaço entre a borda incisal do dente e o alinhador. Geralmente, os espaços incisais são o primeiro sinal de que o tratamento não vai indo bem.

Incisal_gaps.png




Causas

As causas para os espaços incisais podem ser as seguintes:




Soluções

Tente primeiro uma das seguintes ações:

  • Verifique o plano de tratamento para conferir os pontos de verificação de colaboração do paciente. Se não houver nenhum contato nos pontos de verificação de colaboração, isso geralmente significa que o paciente não está usando os alinhadores e então você tem um paciente que não colabora. Siga as instruções sobre o que fazer se você tiver um paciente que não colabora.
  • Verifique se há contraindicações para o tratamento com alinhador transparente. Verifique se há alguma contraindicação para o tratamento com este alinhador transparente.
  • Verifique se há coroas clínicas curtas. Se houver, siga as instruções para resolver o problema.
  • Experimente voltar uma etapa. Se o alinhador anterior for usado mais algumas semanas isso poderia ajudar os dentes a terminarem os movimentos necessários previstos para aquela etapa. Se este for o problema, você também pode aumentar a frequência de uso deste paciente para que os dentes possam se mover conforme o necessário.
  • Tente as etapas anteriores para os espaços incisais pequenos, de 1 a 2 mm ou de 3 a 4 mm.
  • Se você tentou todas as dicas acima e tem certeza de que seu paciente está colaborando, mas mesmo assim os alinhadores ainda não se encaixam, pode ser a hora de solicitar uma revisão de caso. A fisiologia é diferente em cada paciente, e isso é parte do que faz com que às vezes o tratamento com alinhadores transparentes seja difícil de prever.



Para espaços incisais pequenos, de 1 a 2 mm (cenário mais comum)

  1. Verifique o alinhador anterior e certifique-se de que ele ficava totalmente encaixado e um pouco solto (o paciente deve ter vindo para a consulta usando o alinhador). Se o alinhador anterior não se encaixa totalmente, peça para o paciente usá-lo por mais uma semana.
  2. Se o alinhador anterior se encaixa bem, recoloque o alinhador atual e deixe o paciente ir embora com rolos de algodão/chewies para morder durante algumas horas por dia, até que o alinhador se encaixe.
  3. Peça para o paciente voltar dentro de uma semana e verifique se o espaço está fechado.
  4. Se o espaço persistir, reveja o seu plano de tratamento para analisar quais são os dentes que estão se movendo em cada etapa. Algumas arcadas apinhadas contêm contatos apertados que impedem o movimento dos dentes. Veja o artigo sobre como separar contatos apertados fazendo um desgaste manual.
  5. Verifique no seu setup se há alguma extrusão planejada. Se não estiver ocorrendo extrusão, isso pode criar espaços incisais. Leia o artigo Como fazer extrusões em dentes usando dispositivos auxiliares.
  6. Se uma rotação planejada não estiver ocorrendo, o alinhador não vai se encaixar muito bem e isso também pode resultar em espaços incisais. Leia o artigo Como solucionar problemas de rotação.
  7. Se os attachments não estão se alinhando, leia o artigo Attachments que não se encaixam no alinhador.



Para espaços incisais de 3 a 4 mm (ocorrem raramente)

  1. Verifique o alinhador anterior e certifique-se de que ele ficava totalmente encaixado e um pouco solto, caso contrário, peça para o paciente usá-lo outra semana. Para melhores resultados, solicite à ClearCorrect outro alinhador para essa etapa. Um novo alinhador ficará justo novamente e vai terminar todos os movimentos incompletos que são necessários para ajudar os dentes a ficarem mais bem encaixados no próximo alinhador.
  2. Se o alinhador anterior se encaixa bem e está solto, mas o seguinte tem um espaço incisal de 3 a 4 mm, verifique quais são os movimentos no setup. Pode ser que uma extrusão, um movimento difícil, ou ambos, estejam sendo feitos. Às vezes, um ou mais destes movimentos pode dificultar o encaixe do alinhador. Você tem algumas opções:
      • No caso de movimentos difíceis planejados, você pode explicar ao paciente o que isso significa e providenciar alguns chewies para levar com ele. O alinhador deverá se encaixar depois que esses movimentos difíceis tiverem terminado.
      • Talvez os dentes ou o alinhador precisem passar pela solução de problemas como descrito acima para os casos dos espaços de 1 a 2 mm. Execute as etapas 3 a 7 acima, corrigindo qualquer um desses problemas, se aplicável.
      • Você pode solicitar uma revisãodo último ou últimos alinhadores que se encaixaram bem, ou fazer novas moldagens e enviá-las para nós (mais recomendável nesse cenário).
Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 37 de 43

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.

Tem mais perguntas?
Enviar uma solicitação
Compartilhe, se você gostar.